O nosso website utiliza cookies.

A Última Ceia

Situada no mosteiro dominicano Santa Maria Delle Grazie, em Milão, a Última Ceia é uma das pinturas mais famosas do mundo e, sem dúvida, a obra de arte mais influente já feita.  

Encomendado pelo Duque de Milão (que também era patrono de Leonardo) Ludovico Sforza, Leonardo começou a trabalhar a pintura da Última Ceia em 1495 e, como era o seu costume, trabalhou lentamente com longas pausas entre as sessões, até a terminar em 1498.  

A Última Ceia retrata a última refeição de Jesus com os doze apóstolos antes de ser capturado e crucificado. Especificamente, a pintura mostra os próximos segundos depois de Cristo anunciar que um de seus discípulos o trairia antes do nascer do sol, e todos os doze reagiram à notícia com diferentes graus de raiva, horror e choque.  

A cena não deve ser vista como um momento congelado, mas sim como uma representação de momentos sucessivos.  

Cada discípulo reage de uma maneira diferente, adequada à personalidade que Leonardo dava a cada um deles, resultando em um estudo complexo de várias emoções humanas, traduzidas em uma composição, mais complexa do que parece.

O momento também retrata o nascimento da Eucaristia, com Jesus buscando pão e um copo de vinho que se tornará os símbolos-chave do sacramento cristão, um ritual ainda realizado hoje em dia.  

De verdade, A Última Ceia resulta de uma experiência fracassada.  

Para criar esta pintura única, Leonardo fez muitas pesquisas, criando uma infinidade de esboços preparatórios.

Mestres renascentistas pintavam afrescos em paredes de gesso molhado. Mas Leonardo da Vinci abandonou essa técnica tradicional por vários motivos. Ele procurava uma melhor luminosidade, mas também precisava de muito mais tempo do que o método de pintura a fresco, pois este obrigava o pintor a correr para terminar seu trabalho antes do gesso secar.  

Após a conclusão, por causa da técnica e outros fatores ambientais, o afresco foi eventualmente deteriorado, e passou por inúmeras restaurações.  

Nos séculos seguintes, a pintura sofreu danos adicionais. A pintura da Última Ceia foi sujeita a várias tentativas de restauração que ocorreram em 1726, 1770, 1853, 1903, 1924, 1928 e 1978.  

Após séculos de maus-tratos, a Santa Ceia passou por uma extensa e controversa restauração de 20 anos que foi finalmente concluída em 1999.  

Atualmente, o mural mais famoso de Milão tornou-se uma das atrações mais visitadas da cidade. A igreja de Santa Maria Delle Grazie é aberta ao público e pode ser visitada durante todo o ano. Nenhuma visita a Milão está completa sem uma viagem para ver esta obra de arte inestimável.

Quanto custam os bilhetes para a Última Ceia?

Os bilhetes para a Última Ceia custam 10 € por pessoa + 2 € para reservar.

Os bilhetes com desconto custam 7 € para cidadãos da UE entre os 18 e 25 anos de idade.  

Os bilhetes devem ser comprados com antecedência, pois, o refeitório só pode acolher 25 pessoas de cada vez. E apenas 1300 pessoas por dia podem ver a Última Ceia. Os ingressos da Última Ceia oferecem uma visita de 15 minutos.  

Você pode comprar seus ingressos no site oficial, mas lembre-se que estes se esgotam muito rapidamente.  Quanto mais cedo reserva o seu bilhete para a Última Ceia, melhor. No entanto, não se preocupe se os ingressos estiverem esgotados no site oficial, muitos outros sites vendem ingressos de última hora. Use TourScanner para comparar todas as ofertas.

Vale a pena fazer uma visita guiada?

Sim, vale!  

Os seus ingressos serão reservados pelo seu guia e tudo que terá que fazer é aparecer na hora combinada. Os bilhetes para a Última Ceia estão sempre esgotados, devido à capacidade limitada da igreja Santa Maria Delle Grazie, onde se encontra a Última Ceia. Normalmente, a única maneira de ver a pintura da Última Ceia é reservando uma visita com uma agência.  

Além disso, quando você tem um guia turístico ao seu lado, todas as perguntas que pode ter serão respondidas. Vale muito mais ter um guia especializado que o possa explicar tudo o que você deseja saber.  

Além disso, muitas visitas guiadas incluem outras atrações em Milão - quem não gosta de combinar visitas? ?

Existem bilhetes combinados?

Deseja aproveitar ao máximo seu tempo em Milão? Para isso, há bilhetes combinados que incluem outras atrações em Milão, além da Última Ceia.

Admire a igreja Santa Maria Delle Grazie. Passe um dia na vida de Leonardo Da Vinci e explore o castelo medieval Sforza. Visite o Duomo de Milão com um guia especializado. Desfrute de um passeio a pé e descubra o centro de Milão.  

Aproveite esses combos e economize em algumas das atrações mais populares de Milão!

Como lá chegar?

A pintura da Última Ceia encontra-se na igreja Santa Maria Delle Grazie. Felizmente, é fácil chegar à Santa Maria delle Grazie!  

Você pode apanhar o metro MM1 na linha vermelha até à paragem Conciliazione, ou o MM2 linha verde até Cadorna, onde você verá as direções para o Cenacolo Vinciano. De lá, siga a rua Corso Magenta e siga até à igreja Santa Maria delle Grazie.  

Também pode chegar à igreja a partir da Stazione Centrale, na linha verde, ou a 20 minutos a pé do Duomo.

Quais são os horários de abertura?

A Última Ceia pode ser visitada de terça a domingo das 8:15 am às 7 pm.  

A entrada para o Museu da Última Ceia é permitida apenas no horário fixo escolhido durante a reserva. O visitante tem que se presentar nessa hora, senão perde o lugar.  

Os visitantes devem chegar pelo menos 20 minutos antes do horário previsto da visita.  

Lembre-se que a entrada para a igreja de Santa Maria delle Grazie é gratuita.

O que que vou poder ver?

A Última Ceia de Leonardo Da Vinci é uma obra-prima da arte renascentista italiana e o mural mais famoso de Milão.  

Exibida no refeitório da Santa Maria Delle Grazie, a pintura retrata o momento logo após Jesus declarar aos seus doze apóstolos que um deles o trairá antes do nascer do sol. Todos os doze reagiram à notícia com diferentes expressões. A Última Ceia é um estudo psicológico magistral e uma das imagens mais icônicas do mundo.  

O momento também retrata o nascimento da Eucaristia, com Jesus buscando pão e um copo de vinho que são, ainda hoje, os símbolos-chave do ritual do sacramento cristão.  

Séculos de danos deixaram a pintura em estado frágil apesar dos 22 anos de restauração, que foi finalmente concluída em 1999.

Dicas de viagem

  • Reserve os seus bilhetes para a Última Ceia com antecedência. Os ingressos devem ser reservados online e a admissão é estritamente limitada a um determinado número de pessoas por dia. Sugerimos que faça a reserva o mais cedo possível.
  • Se os ingressos já estiverem esgotados para a data desejada, reserve uma visita guiada, de fato, o preço do tour já inclui a entrada para a Última Ceia. Não deixa passar a oportunidade ver esta obra de arte. Existem muitas visitas guiadas disponíveis. Use a pesquisa do TourScanner para encontrar a melhor visita guiada que corresponde às suas vontades.
  • Os guias de áudio estão disponíveis em italiano, inglês, francês, espanhol e alemão. Custa 2,50 € um e 4,50 € para 2. A explicação do guia de áudio dura 15 minutos, ou seja o tempo permitido no refeitório. Esta é uma excelente opção para quem viaja com um orçamento apertado.
  • A igreja Santa Maria delle Grazie é um local de culto, e código de vestimenta tem que ser respeitado para poder entrar. Homens e mulheres têm que guardar os ombros e os joelhos cobertos. Shorts, tops e saias curtas não são permitidos. Por favor, vista-se apropriadamente.
  • Malas grandes não são permitidas dentro da igreja, apenas são permitidas pequenas. Lembre-se também que não há cacifos, apenas armários gratuitos para pequenas itens e garrafas.