O nosso website utiliza cookies.

Museus

Museus do Vaticano

Museus Vaticanos são o resultado do entusiasmo artístico dos Papas. A base dos museus foi constituída quando Papa Júlio II começou a colecionar as peças de arte. Como um dos mais importantes e mais visitados museus do mundo, o museu do Vaticano hospeda milhões de turistas por ano e proporciona momentos inesquecíveis. O San Jerónimo, o Stefaneschi Triptych e a Pieta são considerados as peças mais famosas do museu.
Localizado no coração da Cidade do Vaticano, os Museus do Vaticano contêm algumas das mais antigas e importantes peças de arte ao longo da história. Além disso, algumas das salas artísticas mais emblemáticas e famosas também estão alojadas na mesma área. Datando da época de Nicolau V, em 1447, os Museus do Vaticano exibem a vida durante esse tempo, assim como revelações artísticas, como os Atos dos Apóstolos. Como seria de esperar, os Museus do Vaticano são extremamente populares, e isso significa que você pode precisar ficar na fila por um tempo considerável se não reservar com antecedência para seus ingressos. Pode ser irritante durante os meses de pico do verão, pois há pouca sombra para se ter lá fora. Tente chegar o mais cedo possível para evitar multidões e poder explorar os museus adequadamente.

Galeria Borghese

Considerado um dos mais fascinantes museus de arte do mundo, a Borghese Gallery é uma visita obrigatória para os amantes da arte que visitam Roma. A cidade adquiriu a Villa Borghese em 1903, abrindo sua coleção e jardins para o público. Seus 22 quartos apresentam muitas obras impressionantes, incluindo pinturas de Ticiano, Rafael, Caravaggio e Rubens. A coleção original foi construída pelo cardeal Borghese, dotado de grande gosto artístico e excepcional intuição.
A Galeria Borghese abriga as pinturas e esculturas originais que remontam aos tempos do Cardeal Scipione, e são algumas das peças mais icônicas do planeta. Visitar a Galeria Borghese é facilitado pelo limite de visitantes a qualquer momento, com apenas 350 visitantes permitidos a cada duas horas. Há também a opção de fazer uma visita guiada, o que significa que você aprende sobre o que está vendo e pode apreciar toda a história e a qualidade de uma maneira muito melhor. Localizado na Villa Borghese, os jardins e o interior do edifício são simplesmente de cair o queixo, e visitar Roma e não ir para cá seria um crime. Situado no centro da cidade, é fácil de chegar e fácil de visitar e, com apenas duas horas para explorar, você pode rapidamente preencher o resto do seu dia em algum outro lugar depois ou antes.

Capela Sistina

A Capela Sistina é uma capela localizada no Palácio Apostólico, a residência oficial do Papa, na Cidade do Vaticano. Parte dos Museus do Vaticano de Roma, a Capela Sistina foi decorada pelos mestres de arte Sandro Botticelli e Pinturicchio no século XV e completada por Michelangelo. É fácil ficar impressionado com a majestade dos magníficos afrescos do Michelangelo. O artista passou anos solitários pintando o teto e o altar da capela, transformando essas paredes em uma das grandes obras-primas. A Capela Sistina serve como uma gloriosa homenagem à arte renascentista e um dos pontos turísticos mais visitados de toda a Itália.
A Capela Sistina é uma sala dentro dos Museus do Vaticano e uma das atrações famosas e icônicas de toda a Europa. Famosa por seus afrescos impressionantes, não menos importante, a sua incrível decoração do teto, a Capela Sistina foi construída em 1473 e concluída em 1481, por Giovanni Dolci, por ordem do Papa Sisto IV. É mais famoso por sua obra de arte renascentista, especificamente pelo próprio Michelangelo. A Criação de Adão é conhecida em todo o mundo e é o afresco icônico do teto pelo qual a capela é provavelmente mais conhecida. Foi pelo próprio homem, Michelangelo, e olhando para cima a maravilha desta obra de arte é, sem dúvida, algo que você vai gastar uma grande parte do tempo fazendo. A segunda peça de arte mais importante é na parede oeste, que fica atrás do altar. Como um local extremamente popular, certifique-se de chegar o mais cedo possível.